Suplementos para apoiar a saúde imunológica

VITAMINAR

Com tantos suplementos que alegam aumentar seu sistema imunológico, pode ser difícil saber o que realmente funcionará para você. Não aceite qualquer suplemento – faça o que você optar por aqueles que têm evidências para respaldar as reivindicações. Aqui estão suplementos com ciência para apoiar seu papel na saúde imunológica.

1. VITAMINA C

A vitamina C está no topo da lista em termos de apoio à sua saúde imunológica. No organismo, atua como antioxidante, trabalhando para proteger as células dos danos causados ​​pelos radicais livres. Além disso, a vitamina C ajuda o corpo a produzir colágeno e melhora a absorção de ferro dos alimentos à base de plantas. Também ajuda o sistema imunológico para que ele possa fazer seu trabalho.

Frutas e vegetais como pimentão verde, frutas cítricas, morangos, brócolis e verduras são ótimas fontes de vitamina C. Mas se você está preocupado com o fato de não estar recebendo o suficiente da sua dieta, um suplemento também pode cobrir as bases para você . Eles ainda vêm em comprimidos saborosos e mastigáveis, de modo que não são uma tarefa completa.

2. ZINCO

Juntamente com o suporte imunológico, o zinco está envolvido na maioria dos processos metabólicos no corpo humano. Ela desempenha um papel fundamental no metabolismo de carboidratos, utilização de glicose e produção de insulina. Também está envolvido na síntese de colágeno e é um nutriente essencial para a formação da matriz óssea. Além disso, o zinco suporta a resistência natural do corpo.

O zinco é encontrado em muitos alimentos, como carne vermelha, aves e frutos do mar. Alguns alimentos à base de plantas, como feijão, nozes, grãos integrais e laticínios, também possuem zinco. Cereais fortificados também possuem zinco. Além disso, o zinco está presente em quase todos os suplementos alimentares multivitamínicos / minerais e está disponível isoladamente como suplemento alimentar .

3. VITAMINA A

A vitamina A é mais frequentemente associada à visão, mas seu papel vai muito além da visão. Quando se trata do seu corpo, ele faz um pouco de tudo. Ele faz uma grande parte na expressão gênica, o que significa que exerce influência sobre o corpo através da regulação dos genes. Além disso, a vitamina A desempenha um papel importante na manutenção do revestimento do corpo e da pele, nas defesas imunológicas e na reprodução. Há pesquisas consideráveis ​​apoiando a necessidade de vitamina A na regulação dos genes envolvidos na saúde imunológica.

Para ter certeza de que você está recebendo vitamina A suficiente, coma muitos vegetais como brócolis, vegetais verdes e folhosos, cenoura e abóbora. Cereais fortificados, produtos lácteos e alguns tipos de peixe – como salmão – também podem ajudá-lo a atender às suas necessidades diárias. Obviamente, você também pode obter vitamina A como suplemento alimentar, geralmente na forma de acetato de retinil ou palmitato de retinil, beta-caroteno ou uma combinação. A maioria dos suplementos multivitamínicos também é formulada para incluir vitamina A.

4. VITAMINA D

A vitamina D pode ser chamada de vitamina, mas também atua como hormônio, participando de muitos papéis no corpo. A vitamina D ajuda a manter os ossos fortes, ajuda os músculos a se moverem e – você adivinhou – também suporta o sistema imunológico. Manter o corpo com quantidades adequadas pode ajudar a melhorar sua saúde imunológica.

Muito poucos alimentos têm vitamina D naturalmente. Alimentos fortificados, como leite, além de alguns peixes gordurosos, como salmão, cavala e atum, estão entre as melhores fontes alimentares. Devido às fontes limitadas de alimentos, os suplementos de vitamina D são bastante populares. Pode ser encontrada em duas formas diferentes, D2 e ​​D3 – e ambas demonstraram aumentar os níveis de vitamina D no sangue.

5. VITAMINA B6

A vitamina B6, ou piridoxina, é um nutriente extremamente importante com uma ampla gama de funções no corpo. De fato, o corpo precisa de vitamina B6 para mais de cem reações enzimáticas envolvidas no metabolismo. Ele desempenha um grande papel no metabolismo das proteínas e está envolvido em vários papéis relacionados à função imunológica.

A vitamina B6 vem de uma variedade de alimentos em sua dieta, como aves, peixes, batatas, vegetais ricos em amido e frutas não cítricas. A vitamina B6 também é encontrada na maioria dos suplementos multivitamínicos e minerais, como parte de uma vitamina do complexo B, ou isoladamente, como cloridrato de piridoxina.

VITAMINA E

Procurando mais um poderoso antioxidante? Você vai querer conferir a vitamina E. Ele funciona no corpo para proteger as células dos danos causados ​​pelos radicais livres. As células usam vitamina E para interagir umas com as outras e para desempenhar funções importantes. O corpo também usa vitamina E para ajudar a impulsionar seu sistema imunológico.

Óleos vegetais, nozes, sementes e vegetais de folhas verdes são boas fontes de vitamina E. Alguns cereais matinais, margarinas e outros alimentos têm vitamina E adicionada a eles durante a fabricação – apenas mais um motivo para ler seus rótulos! A maioria dos suplementos multivitamínicos inclui vitamina E como parte da fórmula. Você também pode obter vitamina E sozinha em um suplemento dietético.

7. PROBIÓTICOS

Se você quiser fazer ainda mais para apoiar sua saúde imunológica, não deixe de seguir em frente! A faixa digestiva serve como um órgão imunológico, protegendo o corpo de micróbios potencialmente prejudiciais que foram consumidos. Os probióticos são conhecidos por seu papel positivo no apoio à saúde digestiva, mas a pesquisa sugere que algumas cepas de probióticos também apoiam a saúde imunológica. Você pode encontrar probióticos em alimentos fermentados como iogurte, chucrute ou kombucha. Probióticos também estão disponíveis como um suplemento dietético. E para obter ainda mais suporte, você pode encontrar probióticos formulados com vitamina C, vitamina D e zinco. Os probióticos do GNC foram estudados clinicamente, têm garantia de vida e ativos até o final do prazo de validade e não requerem refrigeração.

8. SUPORTE AO SONO

Estudos mostram que pessoas que não dormem com qualidade têm maior probabilidade de adoecer. O sono e o sistema circadiano exercem uma influência reguladora na função imunológica. Além disso, a falta de sono também pode afetar a rapidez com que você se recupera se ficar doente. Os adultos precisam de cerca de 7-8 horas de sono por noite. Se você precisar de ajuda para apoiar o sono repousante, tente um, um suplemento de sono de camada tripla que apóia o relaxamento, o sono e o sono calmo.

OUTROS HÁBITOS SAUDÁVEIS RECOMENDADOS

O Centro de Controle de Doenças (CDC) recomenda estes hábitos saudáveis ​​todos os dias:

  • Evite contato próximo com pessoas doentes.
  • Evite tocar seus olhos, nariz e boca.
  • Fique em casa quando estiver doente.
  • Cubra sua tosse ou espirre com um lenço de papel e jogue o lixo no lixo.
  • Limpe e desinfete os objetos e superfícies tocados com freqüência usando um spray ou pano de limpeza doméstico comum.
  • Lave as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, principalmente depois de ir ao banheiro; antes de comer; e depois de assoar o nariz, tossir ou espirrar.
    • Se água e sabão não estiverem prontamente disponíveis, use um desinfetante para as mãos à base de álcool com pelo menos 60% de álcool. Sempre lave as mãos com água e sabão se as mãos estiverem visivelmente sujas.

VAMOS JUNTOS NESSA BATALHA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Powered by WhatsApp Chat

× Whatsapp Vitaminar