Glutamina: o que é, para que serve e como tomar

A glutamina é um aminoácido que pode ser encontrado nos músculos, mas que também pode ser produzido a partir de outros aminoácidos, podendo, então, ser encontrado em todo o organismo. Esse aminoácido, dentre outras funções, é responsável por promover e manter a hipertrofia, melhorando a performance do atleta e a recuperação após o exercício físico.

Após o exercício físico intenso os níveis de glutamina normalmente diminuem, podendo então ser recomendada a suplementação desse aminoácido. A suplementação de glutamina é normalmente feita por atletas de fisiculturismo com o objetivo de manter os músculos e prevenir infecções, principalmente durante o período de competições.

Para que serve 

Além de promover o crescimento muscular, evitar a perda de massa magra, melhorar a performance e o desempenho no treino e a recuperação muscular, a glutamina possui outros benefícios, como:

  • Melhora o funcionamento do intestino, porque é um nutriente vital para a sua reparação;
  • Melhora a memória e a concentração, por ser um neurotransmissor essencial no cérebro;
  • Ajuda a tratar a diarreia, equilibrando a produção de muco, o que resulta em evacuações saudáveis;
  • Melhora o metabolismo e a desintoxicação celular;
  • Limita os desejos de açúcar e de álcool;
  • Ajuda a combater o câncer;
  • Melhora os sintomas da diabetes;
  • Equilibra o balanço ácido-básico durante estados de acidose;
  • Promove a desintoxicação corporal do nitrogênio e da amônia;
  • Ajuda na síntese de nucleotídeos, por ser um precursor nitrogênio;
  • Reforça o sistema imune através da regulação da resposta imune de IgA, que é um anticorpo importante no ataque de vírus e bactérias.

O suplemento de glutamina também é recomendado para pessoas que estão se recuperando de lesões, queimaduras, tratamento para câncer ou cirurgias, pois ajuda a acelerar a cicatrização e prevenir infecções.

Como tomar glutamina

A quantidade diária recomendada de L-glutamina é de 10 a 15 g para atletas, repartido em 2 ou 3 doses, e de 20 a 40g para outras situações que devem ser sempre avaliadas pelo médico. A glutamina pode ser consumida antes do treino juntamente com uma fruta ou antes de dormir.

Nutricionista Tatiana Zanin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Powered by WhatsApp Chat

× Whatsapp Vitaminar