Glúten e doenças autoimune.

Fato – saúde intestinal é de extrema importância quando se fala em doença autoimune e o aumento da permeabilidade intestinal é um gatilho para o disparo dessas doenças.

Seria o glúten vilão solitário?

Se considerarmos que 1% da população sofre de doença celíaca, 0,1% de alergia a proteína do trigo e 6% desenvolvem uma sensibilidade ao glúten creio que virar Glúten free é mais marketing para venda de protocolos e estufa o ego do nutricionista marqueteiro.

Varios fatores interferem na permeabilidade intestinal:
– Alto consumo de AINE’s (anti inflamatório)
– Álcool
– Açúcar
– Deficiência de Vitamina D, Zinco
– Alto consumo de lectinas (presentes nas leguminosas)
– E claro Gliadinas (proteína do glúten)

O que é mais fácil, vender um protocolo glúten free ou ser sincero com o paciente e dizer que ele vai ter que diminuir álcool, açúcar, tomar um solzinho, ou seja mudar o estilo de vida. Mudar é difícil, comprar aveia glúten free é mais pratico, mas talvez não seja só o glúten a causa do seu problema e você ficara sempre na mesma.

Experiente uma dieta rica em vegetais, frutas, sementes, proteínas magras e frutos do mar. Sim, sem cereais e depois me conta.

Nutricionista Davi Reis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Whatsapp Vitaminar